Image and video hosting by TinyPic

Google poderá desenvolver pulseira de combate ao câncer

O Google conseguiu patente de projeto para uma pulseira inteligente que poderá combater doenças como o câncer ou Parkinson.
O objetivo do gadget é modificar ou destruir agentes patogênicos encontrados no sangue, que podem causar as doenças, utilizando uma fonte de energia externa. O tipo de energia utilizada pode variar entre ultrassom ou frequências de rádio, sinais infravermelhos ou um campo magnético, e vai depender de qual é o agente alvo.
“Algumas proteínas já foram ligadas ao mal de Parkinson como causa parcial da doença. O desenvolvimento da doença pode ser prevenido ou retardado ao prover particular funcionalizadas com um bioreceptor que se ligará apenas a esta proteína”, explica o documento.
No começo do ano, a empresa estava testando nanotecnologia para combater doenças e chegou a desenvolver uma pele artificial para possibilitar os testes sem precisar realizá-los em seres humanos.
Share on Google Plus

About Levitas Newss