Image and video hosting by TinyPic

Procissão de Ramos dá início à Semana Santa

A Arquidiocese de Fortaleza realizou ontem, por volta das 8h, a Procissão de Ramos, marcando o início da Semana Santa. Na data, a Igreja Católica costuma relembrar a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém, antes de sua morte e ressurreição. O ponto de encontro dos fiéis foi a Igreja do Cristo Rei, na Aldeota, onde tiveram os ramos abençoados pelo arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio Aparecido Tosi. A partir daí, a multidão seguiu a pé rumo à Catedral Metropolitana, no Centro, onde ocorreu a celebração da missa.

O arcebispo explica que a Semana Santa é a comemoração da passagem de Jesus, ou seja, sua morte, sepultura e ressurreição. Durante o período, a Igreja Católica revive os últimos dias da missa de Jesus na Terra. "Hoje revivemos a acolhida de Jesus em Jerusalém, que foi vivida com muita alegria pelas pessoas na época. E na última semana, ele vai viver a contradição de ser acolhido e, depois, rejeitado, ao ser preso pelos políticos e religiosos da época e, posteriormente, levado à morte. Mas Jesus propõe algo muito mais profundo e universal. A grande novidade que brota de tudo isso é a ressurreição. E relembramos esses fatos, que são o fundamento da nossa própria fé", coloca dom José Antônio.

Jovens

O celebrante lembrou ainda que a Igreja Católica instituiu há 30 anos o Dia Mundial da Juventude, comemorado simultaneamente ao Domingo de Ramos. "Foram os jovens, filhos dos hebreus, que levantaram o grito de festa com a chegada de Jesus. Hoje, a palavra do Papa Francisco é direcionada principalmente aos jovens", explica o arcebispo.

Na preparação para a principal festa do calendário católico, a Igreja realiza ainda outros ritos. Na próxima quinta-feira, tem início o Tríduo Pascal, ou seja, os três dias que antecedem a Páscoa. Na ocasião acontecem duas celebrações distintas: a missa do crisma; e a missa da Ceia do Senhor, marcada pela encenação do Lava-Pés e da adoração ao Santíssimo Sacramento.

Na sexta-feira, é realizada a Celebração da Paixão do Senhor, seguida da Procissão do Senhor Morto. Já no sábado, após o anoitecer, a Igreja celebra a Vigília Pascal, momento dedicado à meditação da paixão e morte de Jesus Cristo e à espera da ressurreição, fato comemorado no dia seguinte, com missa solene e a Procissão do Cristo Ressucitado.

ENQUETE

Qual a importância dessa data?

"Essa é uma data muito importante para nós todos. É um dia sagrado, respeitado e que transmite muito amor para quem tem Deus no coração. Faço questão de acompanhar toda a programação"

Miguel Fernando de Sousa
Comerciante

"É uma verdadeira graça. É importante para realmente seguir a Jesus Cristo. Isso também serve para a santificação da verdadeira fé, como católico e ter essa certeza do valor do amor de Cristo"

Postado por: Nando

Fonte: Diario do Nordest
Share on Google Plus

About Levitas Newss