Image and video hosting by TinyPic

Ator de Cidade de Deus encontrado na Cracolândia em SP

Dois homens foram baleados no começo da tarde desta quarta-feira (29) durante uma operação realizada na região da Cracolândia, no Centro de São Paulo. Segundo a assessoria de imprensa da Guarda Civil Municipal (GCM), os moradores de rua estavam aglomerados na Rua Dino Bueno quando houve os disparos.


A Secretaria da Segurança Pública confirmou que a Polícia Militar apoiava a operação quando dois policiais "passaram a ser agredidos por diversos moradores de rua, tendo um deles sido agredido com uma barra de ferro na cabeça", segundo nota da pasta. Um dos policiais atirou para o chão, mas o disparo acabou ricocheteando e os estilhaços atingiram as duas pessoas.

Uma das vítimas foi atingida no pescoço e a outra na perna. Os homens foram socorridos e levados para o pronto-socorro da Santa Casa. Até esta publicação, o estado de saúde e a identidade dos feridos não tinham sido divulgados. O policial sofreu diversos ferimentos e se encontra internado, informou o secretaria.

Durante o tumulto, objetos foram queimados nas vias da região. A Guarda Civil Municipal informou que, apesar da dispersão dos moradores de rua após os disparos, a operação não foi interrompida.

Combate ao crack
Desde o início da manhã desta quarta-feira, a Prefeitura de São Paulo realiza uma nova fase do programa "De Braços Abertos", que combate o uso do crack na região da Cracolândia, no centro da capital. Os moradores de rua foram retirados das barracas onde estavam durante uma força-tarefa e receberam orientação sobre como entrar no programa.

Nessa nova fase são oferecidas até 150 vagas. Em janeiro, quando completou um ano, o programa atendia 453 pessoas. O programa foi estruturado em frentes de trabalho de zeladoria com remuneração de R$ 15 por dia, atividades de capacitação, três alimentações diárias e vagas em hotéis da região. Na nova fase, novos hotéis foram contratados para oferecer quartos aos participantes.

Nesta quarta, as barracas foram desmontadas, e o local onde elas estavam foi limpo. Segundo o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), cerca de 30% dessas estruturas estavam sendo usadas para o tráfico de drogas.

O prefeito afirmou que o trabalho da Prefeitura será feito em conjunto com a polícia. "Nós não conseguimos trabalhar com assistência, trabalho e saúde na presença de um traficante armado." Haddad já conversou com o secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, que teria dito ao prefeito que queria "asfixiar o tráfico na região".

O petista disse que o programa, lançado em janeiro do ano passado, funcionou bem até agosto. Segundo ele, porém, o efetivo da Polícia Militar baixou em outubro, o que permitiu a volta de traficantes.
Mulher que passou mal em operação recebe ajuda (Foto: Mariana Topfstedt/Sigmapress/Estadão Conteúdo)

Cadastro e limpeza
De 500 pessoas reunidas no local, cerca de 100 foram cadastradas e encaminhadas para vagas em hotéis na região, com inserção no programa Braços Abertos. A Prefeitura estima que outras 200 pessoas se dispersaram e o restante se instalou com seus pertences na Rua Dino Bueno, segundo balanço divulgado na tarde desta quarta-feira.

Para aqueles que atuam como catadores com carroças, foi organizada uma parceria com uma cooperativa de reciclagem. Os demais foram informados que não poderiam voltar com barracos e carrinhos para a praça.

O passeio público entre as ruas Helvétia e Cleveland e da praça Julio Prestes foi ampliado, 540 metros quadrados de piso foram refeitos, e 20 bancos e seis floreiras foram instaladas no local.

Ator em situação de rua
Durante a operação, Rubens Sabino Silva, que interpretou o traficante Neguinho no filme "Cidade de Deus (2002)" e hoje mora nas ruas, foi fotografado pela reportagem da Agência Estado. Ele conversou com o ex-senador Eduardo Suplicy durante a ação da Prefeitura.







Fonte: G1
Share on Google Plus

About Levitas Newss