Image and video hosting by TinyPic

Crianças recrutadas pelo EI decapitam nove xiitas na Síria

Nove muçulmanos xiitas foram decapitados por crianças recrutadas pelo Estado Islâmico, a denúncia foi feita no último domingo (29) pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG sediada em Londres teve acesso ao vídeo que mostra nove menores cortarem o pescoço de nove reféns xiitas. As imagens mostram que oito dos soldados mirins estavam encapuzados e apenas um com o rosto descoberto. Todos estavam armados com fuzis automáticos.

A morte dos xiitas foi vingança ao governo do presidente sírio Hafez al-Assad, já falecido, que na década de 80 teria imposto o regime xiita no país, considerado pelos jihadistas como “ímpios”.

“Não esqueceremos nenhuma gota do sangue dos muçulmanos que foi derramada nessa terra bendita (da Síria)”, disse o porta-voz do Estado Islâmico no vídeo.

Em 1982 o governo da Síria realizou um massacre em Hama para sufocar uma rebelião do grupo islamita sírio da Irmandade Muçulmana.

A ONG vem alertando sobre o uso de crianças nas ações do grupo terrorista, pelo menos 400 delas são treinadas em Al Mayadin e Albukamal, no leste da província síria de Deir al Zur e em breve estarão atuando em nome do EI. Com informações Terra
Share on Google Plus

About Levitas Newss