Image and video hosting by TinyPic

Estado Islâmico ameaça EUA com um novo “11 de setembro”

O Estado Islâmico gravou um vídeo fazendo ameaças contra os Estados Unidos prometendo repetir o ato terrorista de 11 de setembro. No Twitter as contas associadas aos jihadistas levantaram a hashtag #WeWillBurnUSAgain (nós vamos queimar os EUA novamente, em tradução literal) para amedrontar os americanos.

Há tempos que o grupo promete atacar outros países como França, Inglaterra e Estados Unidos. Mas dessa vez a ameaça foi mais estratégica com divulgação de vídeos mostrando as atrocidades que os terroristas podem fazer.

No vídeo o narrador diz que os Estados Unidos pensam estar a salvo por estarem longe da Síria e do Iraque, países atacados pelo Estado Islâmico, mas eles irão acabar com esse sentimento de segurança.

“Os EUA pensam que estão a salvo pela sua localização geográfica, mas o sonho dos americanos de ter segurança se tornou uma miragem”, diz o vídeo que mostra cenas do atentado contra as Torres Gêmeas em 2001.

A campanha do EI também exaltou ações como a do francês jihadista Amedy Coulibaly que atacou um mercado judaico em Paris no começo deste ano. O grupo aproveitou para elogiar a invasão de contas das mídias sociais do Comando Central dos Estados Unidos, uma forma de inspirar os seus seguidores a agirem como “lobos solitários” e organizar ataques esporádicos no Ocidente.

“Somos todos lobos solitários e vamos lutar contra vocês assim como vocês lutam contra nós”, disseram os jihadistas pelo microblog. A ameaça se dá pelo apoio de alguns países na ação militar realizada no Iraque, onde as autoridades já começam a retomar cidades antes invadidas pelos terroristas. Com informações Veja
Share on Google Plus

About Levitas Newss