Image and video hosting by TinyPic

Caminhada alerta para o combate à violência sexual de crianças e adolescentes

Diversas instituições sociais, igrejas e Organizações Não Governamentais (ONGs) se reuniram, na manhã deste domingo (17), em uma caminhada de conscientização naAvenida Beira Mar alertando para a necessidade do combate à violência sexual contra crianças e adolescentes. Idealizado pela campanha Jogue Contra, do movimentoBola na Rede, o ato contou com teatro, dança, música e manifestação pacífica saindo do Aterro da Praia de Iracema até o Mercado de Peixes.
O evento fez alusão ao dia 18 de maio - Dia Nacional de Combate ao problema, segundo ressaltou a coordenadora da Campanha Bola na Rede e da Rede Evangélica Nacional de Assistência Social (Renas), Jailma Rodrigues. “Estamos aqui para sensibilizar e convocar a sociedade para se envolver na luta contra o abuso e a exploração sexual. O ano passado foram mais de 24 mil casos no Brasil de violência contra crianças e adolescentes e a gente quer mudar essa realidade”.
Na avaliação dela, a sociedade ainda encara o tema como um tabu e precisa se envolver mais para ajudar crianças que venham a passar por essa situação. Ainda segundo ressalta, é preciso mais políticas públicas de qualidade voltadas para esse problema. “A gente vem esse mês fazendo algumas reivindicações e tentando fazer com que a causa do dia 18 de maio não morra. Precisamos de mais delegacias especializadas e políticas públicas efetivas de combate ao crime, ainda é muito pouco o que temos”.
A campanha acontece desde a Copa do Mundo do ano passado, quando diversas organizações realizaram atos de prevenção à violência sexual contra crianças e adolescentes. A mobilização, este ano, foi estendida e ocorre amanhã em Aquiraz e em Juazeiro do Norte no dia 23 de maio, contando, também, com caminhadas e ações de sensibilização da sociedade.
Share on Google Plus

About Levitas Newss