Image and video hosting by TinyPic

Acusado de matar policial civil presta depoimento

O homem que assassinou a policial civil na manhã desta sexta-feira (12), na avenida José Leon, no bairro Parque Manibura, foi preso após buscas na Sapiranga. A pistola de 9 milímetros usado na ação foi apreendida pela Polícia.

Identificado como Francisco José Ferreira Filho, 24 anos, o homem foi encontrado na comunidade Muro Alto, no bairro Sapiranga, em Fortaleza. Ao ser localizado, inicialmente ele não assumiu o crime, mas depois confessou.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher dirigia um carro quando foi atingida com tiro na cabeça.

Segundo testemunhas informaram para a Polícia, Maria Gorete Oliveira foi abordada por um homem na rua e, como ela não parou, ele realizou quatro disparos em direção ao carro.

Após os tiros, a policial conseguiu dirigir por mais dois quarteirões, sofrendo uma colisão.

O homem disse que foi tentativa de assalto e não sabia que a vítima era uma policial.

Depoimento

Identificado como Francisco José Ferreira Filho, 24 anos, o homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) durante a tarde desta sexta-feira (12). Durante o percurso, o acusado foi esteve cercado por agentes da Polícia Civil. Ao repórter Roberto César, o homem afirmou que não lembrava o motivo que o levou a disparar contra a policial, mas em depoimento à Polícia, Francisco assumiu que iria assaltar a vítima.




Velório

O corpo de Maria Gorete está sendo velado durante a tarde desta sexta-feira (12), no Cemitério Parque da Paz, no bairro Passaré, em Fortaleza. O sepultamento está marcado para 9h do próximo sábado (13).

Por meio de nota, o Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpol-CE) afirmou estar em luto pela morte de Maria Gorete, que morreu “devido a onda de violência que assola nosso estado”.

Confira o vídeo:

Share on Google Plus

About Levitas Newss