Image and video hosting by TinyPic

Greve dos motoristas e cobradores será votada nesta quarta


Está marcada para esta quarta, 1, uma assembleia com motoristas e cobradores de ônibus da Capital e Região Metropolitana, na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro-Ce), no Centro, para votar a greve geral da categoria. Caso votação seja favorável à greve e não haja negociação entre os sindicatos, paralisação geral pode ser declarada após 72 horas. Categoria reivindica reajuste salarial e aumento em benefícios. Propostas não foram aceitas pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus).
 
Durante o mês de junho, motoristas realizaram paralisações nos terminais do Siqueira, Papicu, Antônio Bezerra, Lagoa e Messejana em dias diferentes do mês de junho de ônibus da Cidade para chamar atenção do sindicato patronal com relação às reivindicações. O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (Sintro-Ce) pede reajuste salarial de 13%, R$ 13 no vale-alimentação e R$ 130 na cesta básica. A proposta do Sindiônibus é de 8,34% apenas no salário.
 
O presidente do Sintro, Domingo Neto, afirma que população e órgãos públicos serão avisados caso greve geral aconteça. Além disso, uma porcentagem de linhas de ônibus, ainda não informada, continuará circulando. “Nossa intenção não é prejudicar os usuários do transporte público. Mas como negociações não avançam, saída é a greve geral”, informa Domingo.
 
A primeira parte da assembleia está marcada para as 9 horas de hoje, na sede do Sintro, no Benfica. À tarde, a reunião deve iniciar às 15h30min. Domingo Neto explica que divisão de horário é para que motoristas e cobradores dos três turnos possam comparecer à votação.
 
Paralisações
Sem avisar a população, motoristas e cobradores paralisaram atividades nos Terminais do Siqueira, Papicu, Antônio Bezerra e Messejana em dias diferentes do mês de junho. Em uma das paralisações, houve discussão entre motoristas e passageiros. Já em outra, população apoiou a categoria, apesar de esperar por duas horas até que atividades fossem normalizadas.
 
Share on Google Plus

About Levitas Newss