Image and video hosting by TinyPic

Neymar é investigado por acusações de fundo de investimentos


A justiça espanhola investigará as acusações do fundo de investimentos brasileiro DIS por "corrupção e fraude" contra o jogador Neymar, seu pai, o Santos, o Barcelona e seus dirigentes, informou nesta quarta-feira uma fonte judicial.
Como parte da investigação da polêmica transferência de Neymar do Santos ao Barça em 2013, "a Audiência Nacional admitiu uma queixa por corrupção e fraude" apresentada "por uma empresa chamada DIS que tinha os direitos sobre Neymar", afirmou a fonte.
A acusação envolve o atacante brasileiro de 23 anos, seu pai, seu clube anterior, o Santos, assim como o FC Barcelona e dois dirigentes do clube catalão - o atual presidente Josep Maria Bartomeu e o antecessor Sandro Rosell -, disse.

A transferência teria acontecido por 83,3 milhões de euros - contra os 57,1 anunciados inicialmente. O craque brasileiro está no Chile, onde disputará nesta quarta-feira a segunda partida do Brasil na Copa América contra a Colômbia.
O DIS, fundo criado por Delcir Sonda, proprietário de uma rede de supermercados que leva o seu sobrenome, tinha em 2013 o equivalente a 40% dos direitos esportivos do atacante.
Assim, o fundo recebeu 6,8 milhões de euros dos 17,1 milhões que o Barça pagou ao Santos e deseja saber se também tem direito a uma parte do valor total da transferência, revelado pelo clube catalão no início de 2014, após uma denúncia de um de seus sócios na Espanha.
Bartomeu e Rosell foram indiciados dentro da primeira ação judicial por uma suposta fraude fiscal. A data do julgamento ainda não foi definida.
O Santos também anunciou no fim de maio ações na Fifa contra o Barcelona, Neymar, seu pai e a empresa deste, Neymar Sports & Marketing, por irregularidades na transferência.


Share on Google Plus

About Levitas Newss