Image and video hosting by TinyPic

Torcedores do Fortaleza promovem quebradeira de cadeiras após o jogo no Castelão


Aconteceu de novo. Ao término do jogo contra o Brasil de Pelotas, na noite deste sábado, 17, a torcida do Fortaleza externou sua fúria com o novo fracasso do time em conquistar o acesso para a Série B do Brasileiro quebrando e atirando os assentos da arquibancada no gramado da Arena Castelão.
O foco da quebradeira ocorreu nas arquibancadas superiores atrás dos dois gols, onde ficam situadas as principais torcidas organizadas do clube. No setor inferior, apenas estragos pontuais.
O clima ficou bastante tenso nos primeiros 10 minutos logo após o apito final do árbitro, mas a ação da Polícia Militar conseguiu conter o clima de revolta dos torcedores, impedindo que houvesse invasões ao gramado, a exemplo do que ocorreu na final do Campeonato Cearense deste ano, disputada entre Ceará x Fortaleza, no mesmo Castelão. Cerca de 20 minutos antes do fim do jogo, as tropas do batalhão de choque e a polícia canil se espalharam no entorno do campo, garantindo a saída dos jogadores e das comissões técnicas com tranquilidade para os vestiários. Veja o vídeo:
A Luaernas, responsável pela administração do Castelão, não soube precisar o saldo dos atos de vandalismo e fará uma vistoria no estádio para, nos próximos dias, se pronunciar sobre o ocorrido. Apesar dos incidentes, o comandante da companhia de eventos da PM-CE, Aginaldo Oliveira, avaliou que a operação policial, que contou com efetivo total de 600 PMs, transcorreu dentro do planejado.
"Quase que na totalidade, o nosso planejamento de segurança ocorreu dentro do planejado. Tivemos a quebra de cadeiras, mas nada que a Polícia não conseguisse conter e controlar rapidamente", disse ele, reforçando que no momento não é possível precisar quantos assentos foram danificados.
O comandante garantiu ainda que a chegada e a saída do torcedor do estádio não registraram maiores ocorrências. "A dispersão da torcida ocorreu normalmente, com a saída primeiro da torcida do Fortaleza, seguida pela torcida do Brasil de Pelotas, que respeitou bem o nosso trabalhou e saiu no momento planejado sem maiores problemas", citou.

HISTÓRICO RECENTE
Além da final do Estadual deste ano, que terminou com um saldo de 1580 cadeiras quebradas, o Castelão foi palco de cenas de vandalismo nos jogos decisivos do Fortaleza nas edições da Série C de 2013, contra o Sampaio Corrêa, e Macaé, ano passado. Em 2012, uma quebradeira generalizada de assentos foi registrada no PV.
Share on Google Plus

About Levitas Newss