Image and video hosting by TinyPic

EX-GENRO É PRESO POR ENVOLVIMENTO EM MORTE DE PASTOR HENRIQUE JÚNIOR DE MORAIS

Uma ação rápida realizada pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), na madrugada desta quinta-feira (22), resultou na prisão de seis suspeitos de participarem do assassinato do radialista Henrique Júnior de Morais, ocorrido na noite desta quarta-feira (21), em Redenção, cidade do Maciço de Baturité, a 55 quilômetros de Fortaleza. Entre os presos está o ex-genro da vítima, identificado como Francisco Adailton da Silva, de 37 anos, que é apontado como mandante do crime.

Além de Adailton, foram presos: Luiz Pereira de Lima Neto, de 19 anos; Francisco Jhonata Onório, de 28 anos; Antônio Cássio Almeida da Silva, de 27 anos, também conhecido como “Fabinho”; e Antônio Leandro Garcia Farias, de 22 anos, conhecido como “Samuel”, e que é apontado como o autor dos disparos contra o radialista. Um adolescente de 16 anos também foi apreendido.

Segundo informações, Adailton, também conhecido como “Fifi”, encomendou a morte do ex-sogro, após uma série de discussões entre eles, a última delas ocorrida em um supermercado. Segundo relatos, Henrique não aceitava o relacionamento do suspeito com sua filha.

Os dois homens apontados como autores dos disparos que mataram Henrique foram identificados pelos policiais que, a partir de então, iniciaram as buscas pela região. A dupla foi capturada já na madrugada, junto com outras quatro pessoas que também teriam envolvimento com o crime.

Com os suspeitos foram apreendidas duas armas, sendo uma pistola ponto 40, que seria a arma utilizada no crime, um revólver, coletes a prova de balas e drogas.

Henrique tinha 49 anos e era pastor. No momento do crime ele participava de uma reunião com membros de sua igreja.

O crime

De acordo com informações passadas pela Polícia local, dois homens invadiram o local onde acontecia o encontro, por volta das 20h10, e teriam anunciado o assalto, pouco antes de atirarem três vezes contra Henrique, que não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Ainda segundo os policiais, após a ação os dois homens deixaram o local, sem levar um pertence sequer da vítima ou das pessoas que estavam presentes ao encontro, o que reforça a possibilidade de o crime tratar-se de uma execução.

Segundo informação passada pela assessoria da Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), todos os presos na ação foram transferidos na manhã desta quinta-feira para a Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, que funciona no Bairro de Fátima, na Capital. Eles foram autuados por homicídio e por tráfico de drogas.

Veja os suspeitos:



Foto: Reprodução



Foto: Reprodução



Adailton seria o mandante do crime. (Foto: Reprodução)



Foto: Reprodução

Share on Google Plus

About Levitas Newss