Image and video hosting by TinyPic

Greve Geral atinge vários setores nesta sexta; veja quais categorias vão paralisar as atividades



Está marcada para esta sexta-feira (28) a Greve Geral, em que sindicatos e movimentos de esquerda de todo o país vão fazer manifestações contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, do governo de Michel Temer.

No Ceará, servidores da capital cearense e de mais 60 municípios do estado aderem à greve. Na capital, os manifestantes se concentram na Praça Clóvis Beviláquia (conhecida como Praça da Bandeira) e no Paço Municipal, às 8h.

Os atos estão programados, liderados pelo Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos Municipais (Sindifort), pela Intersindical – Central da classe Trabalhadora, pela Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT) e pela Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).

Os agentes de trânsito da AMC, servidores da UrbFor, servidores do IPM, Agentes de Combate à Endemias e Agentes de Saúde confirmaram presença nos protestos.

A presidente da Fetamce, Eredina Soares, afirma que a expectativa é de que seja o maior ato de conjunto dos funcionários públicos do Estado, que mostra os servidores municipais de todo o estado estão unidos e se movimentando para tentar impedir as reformas e os projetos de lei que podem ameaçar os direitos dos funcionários públicos. O objetivo das manifestações é resistir ao que os sindicatos consideram como a destruição dos direitos Trabalhistas e Previdenciários.

“Nesta sexta-feira, a classe trabalhadora deve sair de casa na certeza que precisamos derrotar este golpe continuado nos direitos do nosso povo”, ressalta Eredina.
Share on Google Plus

About Levitas Newss